fbpx

Ceferp | Centro de Fertilidade Ribeirão Preto - Reprodução Humana

Cabeçalho

Qmentum Oncofertility

Como me preparar para a FIV? Conheça nossas 7 dicas!

Quando o sonho de ter filhos encontra barreiras físicas, ainda é possível recorrer a técnicas de reprodução assistida. A cena parece se repetir por toda parte: o casal tenta engravidar, o tempo vai passando e lá está a menstruação todos os meses para provar que nada aconteceu. Nesses casos, um dos caminhos é consultar um especialista em fertilidade, mas para muitos surge o questionamento: como me preparar para a FIV (Fertilização in Vitro)?

Nesse sentido, é válido lembrar que a FIV é uma técnica muito utilizada para auxiliar casais que não conseguem engravidar por meios naturais. Entretanto, há toda uma preparação física e psicológica para se submeter a ela.

A ansiedade, por exemplo, pode ser uma grande inimiga durante o tratamento. Sendo assim, tomar medidas que ajudam a reduzi-la é fundamental para aumentar as chances de sucesso.

Se você entende a necessidade dessa preparação mas não sabe ao certo o que fazer, acompanhe nossas dicas a seguir!

1. Procure maneiras saudáveis para aliviar o estresse

Manter a calma é bastante relevante para obter sucesso na FIV. O ideal é buscar meios naturais para aliviar o estresse comum do dia a dia e agravado pela expectativa de uma gravidez.

Praticar exercícios físicos e ter momentos agradáveis consigo própria ou ao lado do(a) parceiro(a) podem ser ótimas oportunidades de relaxar.

Além disso, é importante manter a mente focada nos seus objetivos, sem que isso se torne uma neurose. Não deixe de viajar, ler, ir ao cinema e realizar atividades prazerosas para distrair a cabeça.

2. Participe de grupos de apoio

Para se sentir reconfortada, nada melhor do que conversar com pessoas que estão na mesma situação que você. Por essa razão, você pode frequentar grupos de apoio relacionados ao tema.

Trocar experiências com outros casais que ainda estão em tratamento ou que já obtiveram sucesso ajuda na questão da confiança e no entendimento das melhores condutas para que o processo realmente funcione.

Além disso, normalmente esses grupos contam com informações específicas e embasadas cientificamente. Dessa forma, você se sentirá mais amparada para qualquer que seja o resultado do tratamento. Trata-se de uma forma de se preparar psicologicamente para o que está por vir, independentemente do que seja.

3. Modifique a sua dieta

Além de seguir a conduta indicada pelo médico, você ainda pode dar uma “mãozinha” para o seu organismo. Manter uma alimentação equilibrada ajuda a melhorar a saúde de maneira geral, o que também contribui, ainda que indiretamente, para a ocorrência de uma gravidez. Na dieta você pode incluir frutas, legumes e verduras, além de evitar frituras e refrigerantes, por exemplo.

Entenda que o que você come reflete diretamente em todos os aspectos do seu organismo. Às vezes as pessoas não obtêm sucesso em tratamentos médicos — mesmo aqueles que não estão ligados à fertilidade — devido a maus hábitos alimentares. Além disso, você pode aproveitar para adotar um estilo de vida mais saudável, que vai além da alimentação. Evitar cigarros e bebidas alcoólicas também entra na lista.

4. Pesquise informações sobre o assunto

Você já ouviu falar que informação é poder? Ao submeter-se a uma FIV, o melhor a fazer é reunir o máximo de informações sobre o tema. Para isso, vale pesquisar em fontes confiáveis de leitura, assistir a vídeos e documentários sobre assuntos relacionados à fertilidade e ler atentamente todo o material de orientações que você receber na clínica. Entender como o seu corpo funciona ajuda a direcionar esforços para conquistar a sua meta.

Só tome cuidado para não sair acreditando em tudo o que lê. A internet é uma ótima fonte de informação, mas também há muito conteúdo duvidoso, que não condiz com a realidade. Selecionar no que acreditar é uma forma de manter a mente saudável enquanto trabalha em busca do seu objetivo.

5. Não hesite em fazer perguntas ao seu médico

O médico que acompanha o seu tratamento e a equipe dele são as pessoas ideais para tirar todas as suas dúvidas. É por isso que você não deve sentir vergonha ou constrangimento de perguntar a eles o que quer que seja. Ao escolher um bom profissional você poderá confiar nele para obter informações sobre o seu tratamento de FIV ou quaisquer outras técnicas de reprodução assistida.

Esclarecer todas as suas dúvidas é essencial. Dessa forma você não corre o risco de adotar condutas que atrapalhem o sucesso do tratamento, fica mais tranquila e confiante e ainda evita o fato de sofrer com possíveis questionamentos que poderiam ser facilmente solucionados.

6. Conheça as etapas do tratamento

Além de preparar-se física e psicologicamente para a FIV, é importante conhecer cada etapa do tratamento que será realizado. Durante o processo, você provavelmente precisará utilizar medicamentos específicos e fazer diversas visitas à clínica para dar andamento aos procedimentos. Tal conhecimento fará com que você se sinta mais confortável para prosseguir, sem sofrimentos desnecessários.

Iniciar um tratamento sem saber quais serão as próximas etapas ou o que vai acontecer na semana seguinte pode gerar mais ansiedade. Portanto, o melhor a fazer é, logo na primeira consulta, solicitar informações sobre cada etapa pelas quais você(s) passará(ão) até chegar o grande dia de receber o resultado do teste de gravidez.

7. Livre-se dos excessos

Excessos podem acontecer em todos os sentidos. Comer demais pode levar ao sobrepeso, fator que dificulta a ocorrência de uma gravidez — ainda que por meio da FIV. Fumar, beber ou privar-se de sono também são condutas que podem comprometer o bom funcionamento do seu organismo, e é por isso que qualquer tipo de excesso deve ser evitado.

Tal questão pode estender-se ainda aos fatores psicológicos. O excesso de expectativas, a ansiedade ou o receio é tão prejudicial quanto o excesso desses agentes físicos. Levar uma vida moderada em todos os aspectos é a melhor conduta a seguir.

Esperamos que este texto tenha ajudado você, que sempre se pergunta “como me preparar para a FIV?”. Sabemos que o caminho para a formação da família, principalmente quando passa por tratamentos de reprodução assistida, é cheio de expectativas e incertezas. No entanto, com uma rede de suporte pessoal e profissional o caminho é mais fácil de ser trilhado!

Gostou de saber um pouco mais sobre a preparação para a FIV? Então confira o infográfico que criamos com o passo a passo da Fertilização in Vitro!

Dra. Camilla Vidal

Dra. Camilla Vidal

Médica especialista com formação em Reprodução Humana pelo Hospital das Clínicas da FMRP-USP.
CRM-SP 164.436
Dra. Camilla Vidal
Compartilhe com seus amigos
Médica especialista com formação em Reprodução Humana pelo Hospital das Clínicas da FMRP-USP.
CRM-SP 164.436
dezembro 6, 2018 | Dra. Camilla Vidal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa Newsletter
Seja o primeiro a receber nossas dicas e novidades.a Cadastre-se agora para receber nossa newsletter.


Avaliação da Fertilidade Feminina
Saiba seu período fértil
Saiba mais sobre a fertilidade do casal