Estilo de vida e fertilidade masculina: Como hábitos diários podem influenciar a saúde do esperma?

Estilo de vida e fertilidade masculina: Como hábitos diários podem influenciar a saúde do esperma?

Estilo de vida e fertilidade masculina: Como hábitos diários podem influenciar a saúde do esperma?

Banner Sonhar Juntos

Hábitos diários desempenham um papel significativo na saúde do esperma, podendo influenciar positiva ou negativamente a sua qualidade. É importante conhecer todos eles e manter uma rotina fiel.

Hábitos Positivos

Dieta Balanceada: Uma dieta rica em nutrientes essenciais é fundamental. Inclua na sua alimentação vitaminas C e E, zinco, selênio e ácido fólico. Frutas, vegetais, grãos integrais, peixes e nozes são bons alimentos para a saúde reprodutiva.

Hidratação Adequada: A água desempenha um papel crucial na produção de fluido seminal. Não esquece de se manter hidratado.

Exercício Regular: Pratique exercícios físicos moderados com frequência, pois isso ajuda a manter um peso corporal saudável e melhorar a circulação sanguínea, melhorando a saúde reprodutiva.

Controle do Estresse: Tente gerenciar as emoções e o estresse por meio de técnicas de relaxamento, como ioga, meditação ou atividades que você goste. O estresse crônico pode afetar negativamente a produção de esperma.

Bom Sono: Mantenha uma boa rotina do sono. O sono adequado é essencial para a regulação hormonal e a produção de esperma.

Evite Toxinas Ambientais: Reduza a exposição a produtos químicos tóxicos e poluentes ambientais sempre que possível. Isso inclui evitar o tabagismo, reduzir o consumo de álcool e limitar a exposição a pesticidas e produtos químicos industriais.

Sexo Regular: Mantenha uma vida sexual regular. A abstinência prolongada pode levar à acumulação de espermatozoides mais antigos, com potencial redução na qualidade.

Hábitos Negativos

Tabagismo: O tabaco está associado a uma diminuição na contagem de espermatozoides, na mobilidade e na morfologia.

Consumo Excessivo de Álcool: O álcool pode afetar negativamente a qualidade do esperma.

Banner Infográfico dicas

Alimentação Pobre: Evite dietas desequilibradas e ricas em alimentos processados. Esses hábitos alimentares podem afetar a saúde geral, incluindo a saúde reprodutiva.

Exposição a Substâncias Tóxicas: Evite exposição a produtos químicos tóxicos no ambiente de trabalho ou em casa.

Calor Excessivo nos Testículos: Banhos quentes prolongados, saunas frequentes e roupas íntimas muito apertadas pode ser prejudicial, pois isso pode aumentar a temperatura dos testículos e prejudicar a produção de esperma.

Uso Excessivo de Dispositivos Eletrônicos no Colo: Estudos sugerem que o uso excessivo de dispositivos eletrônicos no colo, como laptops, pode aumentar a temperatura dos testículos e afetar a qualidade do esperma.

Excesso de Peso: Manter um peso corporal saudável é importante, pois o excesso de peso pode estar associado a problemas de fertilidade.

 

Mas atenção, muitos desses hábitos na qualidade do esperma podem variar de pessoa para pessoa. Se você estiver preocupado com sua fertilidade, é aconselhável procurar a orientação de um especialista em reprodução humana ou um urologista para avaliação e aconselhamento individual.

Aqui no CEFERP, o Dr. Luís Fernando Caroccia Boretti e o Dr. Raphael Henrique Ferreira são nossos Urologistas com especialidade em Andrologia e Saúde Reprodutiva Masculina.

Gostou do artigo sobre Fertilidade Masculina? Saiba mais informações sobre procedimentos de reprodução humana e fertilidade no blog do CEFERP.

 

ebook taxas de sucesso
mm

CEFERP

A clínica de Reprodução Humana do Centro Médico RibeirãoShopping
Perfil no Linkedin

Deixe um comentário

Perfil no Doctoralia
Perfil no Doctoralia