O teste de farmácia deu positivo? Entenda o que é uma gravidez química!

O teste de farmácia deu positivo? Entenda o que é uma gravidez química!

O teste de farmácia deu positivo? Entenda o que é uma gravidez química!

Powered by Rock Convert

A gravidez química pode ser mais comum do que se imagina. Contudo, a maioria das mulheres que passa por essa situação não consegue notá-la, pois nem sempre há atraso menstrual — ou ele é muito pequeno e encarado como algo normal dentro do ciclo. Caso a mulher faça um teste de farmácia nesse período, o resultado será positivo, porém, como não houve atraso ou apenas um atraso de poucos dias, a maioria das mulheres não fará o exame e, portanto, não chegará neste diagnóstico.

Para as mulheres que estão tentando se tornar mamães, esse acontecimento pode ser frustrante e triste, já que desde o atraso menstrual, cria-se a expectativa de uma gestação saudável que, na verdade, na gravidez química não ocorre. Algumas chegam até a acreditar que sofreram um aborto espontâneo, quando menstruam, pouco tempo após esse resultado positivo.

Quer saber mais? Leia nosso artigo para entender o que a gravidez química significa e quais suas causas.

Gravidez química: o que é e como identificá-la?

Apesar de o nome não ser muito conhecido, a gravidez química é bem comum entre as mulheres que estão tentando engravidar. Ela acontece quando o espermatozoide fecunda o óvulo — que chega na cavidade uterina, tentando se implantar no endométrio. Nesse momento, o hormônio da gravidez (hCG) passa a ser produzido e o resultado é positivo caso a mulher realize o exame que detecta o hormônio circulante, seja ele de farmácia ou de sangue.

Porém, por vários motivos, pode ser que o embrião não consiga se implantar no útero. Isso faz com que o organismo cesse a produção do hCG, e a gravidez não evolua. Alguns dias depois de o hormônio parar de ser produzido, a mulher deverá menstruar normalmente. Quando o exame for realizado novamente, o resultado provavelmente será negativo e desta forma a mulher descobre que não está grávida.

Para facilitar a compreensão, o raciocínio é o seguinte: o termo gravidez química quer dizer que foi encontrado o hormônio da gestação (beta-hCG) no organismo da mulher (por exame de sangue ou urina). Porém, essa gestação precisa ser confirmada através de ultrassom, comprovando a implantação adequada do embrião e início de seu desenvolvimento.

A realização de ultrassom comprovando a gestação constitui o diagnóstico da gravidez clínica.

Quando a paciente apresentou apenas a detecção do hormônio da gravidez no organismo, porém não houve confirmação de gravidez clínica, constitui-se apenas em uma gravidez química.

Quais são os fatores que determinam uma gravidez química?

Algumas mulheres, ansiosas pela gestação, correm para fazer o teste de farmácia nos primeiros dias de atraso menstrual. Tal situação pode trazer muito sofrimento para algumas, já que esse atraso pode ser apenas um evento comum dentro do ciclo, um indicativo de distúrbios hormonais, ou ainda uma gravidez química.

Quando se trata dessa última, há alguns fatores que devem ser observados, como:

  • atraso menstrual pequeno — na gravidez química, o atraso menstrual costuma ser ausente ou pequeno, de apenas alguns dias. É por isso que aquelas que não estão tentando engravidar ou que estão determinadas a esperar o período certo para fazer o teste, muitas vezes nem a percebem;
  • detecção de níveis baixos de beta-hCG no sangue — em uma gravidez efetiva, o hormônio beta-hCG usualmente dobra a cada 3 ou 4 dias. Na gravidez química, as quantidades desse hormônio detectadas no sangue costumam ser relativamente baixas, se comparadas ao esperado para uma gestação viável. Porém, é importante considerarmos que a medida do beta hCG depende de vários outros fatores, como a confiabilidade do laboratório realizado, kit utilizado para avaliação do resultado, entre outros;
  • teste de farmácia positivo e beta hCG sanguíneo negativo — algumas mulheres têm resultado positivo no teste de farmácia e após o resultado, procuram um laboratório para realizar o exame de sangue. Infelizmente, em alguns casos, esse exame pode trazer resultado negativo. Algumas repetem o exame e confirmam esse negativo, demonstrando que pode ter sido diagnosticada uma gravidez química no teste de farmácia;
  • menstruação logo em seguida — há mulheres que menstruam assim que chegam em casa com o resultado positivo. Isso normalmente acontece com pouquíssimos dias de atraso menstrual, e também pode sinalizar que ocorreu parada do desenvolvimento embrionário e que houve uma gestação química.

Quais são as suas causas?

Diversas mulheres nem percebem que estão passando por uma gravidez química — já que, por não estarem tentando engravidar, não fazem os exames quando a menstruação atrasa alguns dias. É também por esse motivo que muitos médicos orientam as mulheres que realizaram tratamento de reprodução humana assistida a aguardarem o período ideal para o exame de sangue para confirmar a gravidez.

As causas de uma gravidez química ainda não estão muito certas na medicina, mas existem algumas hipóteses, como a formação de embriões com alterações genéticas ou celulares que não permitem a continuidade de seu desenvolvimento e fixação no útero. Nesse caso, o óvulo fecundado dura apenas alguns dias no organismo e a menstruação acontece em seguida.

Gravidez química compromete as chances de uma nova gestação?

Em geral, o fato de ter sofrido uma gravidez química não compromete a fertilidade da mulher. Se o casal desejar, poderá tentar novamente já no próximo ciclo. O ideal é sempre procurar o seu médico após uma situação como esta, para que ele possa examinar e ter certeza do que realmente aconteceu.

Muitas mulheres, contudo, sentem-se muito abaladas quando o teste, repentinamente, passa a se tornar negativo. Se esse for o seu caso, respeite o seu tempo pessoal, e só volte a fazer novas tentativas quando se sentir preparada. Caso julgue necessário, procure um psicólogo para ajudar a passar por esse momento.

Quais os principais sintomas?

Normalmente, uma gravidez química não causa nenhum sintoma. A paciente pode ou não ter discreto atraso menstrual. O único indicativo é a mudança do teste de positivo para negativo em algumas semanas ou dias. O importante é excluir outros possíveis diagnósticos diante do quadro de teste de gravidez positivo.

Por exemplo, se a paciente tiver o teste de gravidez positivo e não apresentar nada ao ultrassom do útero, é fundamental que seja avaliado se a gravidez não está localizada em outro lugar que não o útero (gravidez ectópica). Ela pode ocorrer nas trompas, nos ovários, ou em outros locais.

Nesses casos, a gestação não é viável, pois não há espaço para o seu desenvolvimento. Podem aparecer outros sintomas associados, como dores e sangramentos e, se a situação não for tratada, existe o risco de a trompa (ou outra estrutura onde a gravidez esteja alojada) se romper levando a uma hemorragia, causando risco para a vida da paciente.

O quadro de gravidez ectópica costuma ser muito diferente de apenas uma gestação química, devido aos sintomas associados e ao fato de frequentemente não haver negativação rápida do beta-hCG. Portanto, é importante que se faça o acompanhamento e investigação adequados, para ter certeza do diagnóstico.

Gravidez química pode acontecer na FIV?

Embora você já tenha entendido que mulheres que estão tentando engravidar podem passar por uma gravidez química, pode ser que você esteja se perguntando se essa situação acontece também na reprodução assistida. Afinal, quando se faz uma FIV (fertilização in vitro), é normal que a ansiedade para confirmar o positivo seja ainda maior, o que pode trazer frustrações também maiores caso ele não seja confirmado.

A gravidez química, entretanto, não é exclusividade daquelas que tentam engravidar por meios naturais. Ela também pode acontecer na FIV, já que, embora a fecundação do óvulo pelo espermatozoide tenha ocorrido em laboratório, a implantação do embrião no útero da paciente depende de mecanismos naturais do organismo e, portanto, não é garantida. Muitas vezes, os casos de gestação química são mais facilmente diagnosticados em mulheres submetidas a FIV, pois neste tratamento tem-se um dia estabelecido para realização do beta-hCG, enquanto nas gestações espontâneas é necessário que seja percebido o atraso menstrual para, só então, ser realizado o teste de gravidez.

Quais as consequências de uma gravidez química?

Pode ser que você esteja se perguntando se a gravidez química traz alguma consequência para o organismo. A resposta a essa questão é relativa. Afinal, quando a situação de falha na implantação acontece repetidas vezes, pode ser necessária uma investigação para descobrir o porquê de o embrião não conseguir se implantar adequadamente. Entretanto, quando se trata de um evento isolado, as consequências podem ser muito mais psicológicas do que físicas.

Como funciona o exame de gravidez?

Para entender melhor a gravidez química é essencial compreender como os testes de gravidez funcionam. Tanto os de farmácia, como os feitos em laboratório buscam detectar a presença ou ausência do hormônio beta-hCG. Esse hormônio é produzido pelo corpo da mulher quando o embrião implanta, ou seja, no momento em que uma gestação se inicia.

Os testes de farmácia, geralmente, medem a presença desse hormônio na urina, enquanto os de laboratórios fazem a dosagem do hormônio no sangue. Embora algumas pessoas tenham receio dos testes de farmácia, eles podem ter uma taxa alta de acerto, desde que a mulher considere alguns pontos como: fazer na data correta, verificar o prazo de validade do exame e seguir o passo a passo descrito na bula.

Como dissemos neste conteúdo, é importante que a mulher aguarde um pouco antes de fazer o exame, para ter certeza de que essa variação da menstruação não é algo normal dentro do ciclo (e para minimizar a chance da detecção de uma gravidez química).

Tanto para os de farmácia, como os exames de laboratório, o recomendado é aguardar no mínimo o atraso menstrual para cogitar sua realização. Além da gravidez química, outro motivo para esse tempo é que, geralmente, a concentração do hormônio antes desse período ainda é muito baixa e pode não ser detectada adequadamente pelo exame, criando um falso negativo.

Se você não tem um ciclo muito regular, é interessante fazer o exame baseando-se no seu ciclo mais longo. Vamos supor que o intervalo entre as suas menstruações varie entre 25 a 35 dias. Você deve considerar um atraso caso não menstrue após 35 dias. Se, mesmo assim, você ainda não estiver muito certa sobre esse período, busque ajuda do seu ginecologista.

Para os exames de farmácia, o horário em que a urina é colhida também pode influenciar no resultado, já que muitos testes recomendam que a mulher colha a primeira urina da manhã ou ainda dê preferência àquela feita com um intervalo de 4 horas. Isso porque a concentração do beta hCG será maior.

Nos exames de sangue, o hormônio pode ser detectado entre 7 a 10 dias após a ovulação, ou seja, até 5 dias antes da menstruação. Porém, é sempre importante esperar pelo menos os primeiros dias de atraso para fazer o exame e, se o teste der positivo, é fundamental agendar uma consulta com o seu ginecologista para realizar um ultrassom posteriormente. Caso o teste tenha sido realizado com poucos dias de atraso menstrual, e tenha apresentado resultado negativo, porém mesmo assim a suspeita de gestação persista, é importante considerar repetir o exame.

Depois de ler este conteúdo sobre gravidez química, o termo ficou mais claro para você? Aproveite e compartilhe este post em suas redes sociais ou pelo WhatsApp.

mm

Dra. Camilla Vidal

Médica ginecologista com especialização em Reprodução Humana na HCFMRP – USP. CRM-SP 164.436
Perfil no Doctoralia

Comentários (22)

  • Avatar

    La

    |

    Ola, tive uma gestação química recentemente. Isso pode ter alguma coisa haver com alterações no espermograma do meu parceiro

    Reply

  • Avatar

    Let

    |

    Tive uma gravidez quimica agora só que tive tres dias diferentes de sangramento 26/07 um sangramento que só sujou o papel 28/08 sanguei dois dia dai parou 7/08 veio com mas fluxo. Só usava ass e ácido fólico pos tenho saff trombofilia.

    Dai resolvi engravidar de novo mas não sei qual data eu uso 🤔

    Reply

    • mm

      CEFERP

      |

      Oi Let,
      Converse com o seu ginecologista sobre o assunto, ele poderá ajudá-la neste caso.
      Atenciosamente,
      Equipe CEFERP – Centro de Fertilidade de Ribeirão Preto

      Reply

  • Avatar

    Paula

    |

    Olá, tive a gravidez química em um mês e logo no outro tive gravidez anebrionaria, isso ja tem um ano e agora fico com receio de tentar e acontecer novamente. Existe algum exame específico que eu possa fazer pra saber se está tudo bem?

    Reply

    • mm

      CEFERP

      |

      Oi Paula,
      Obrigado pelo seu comentário, sinta-se abraçada.
      Neste caso o melhor a fazer é conversar com um especialista em Reprodução Humana, que poderá indicar exames que ajudem a entender o que pode estar acontecendo.
      Caso queira agendar uma consulta com nossos especialistas, seguem nossos contatos:
      (16) 99302-5532 (WhatsApp)
      (16) 3877-7789
      (16) 3877-7784
      [email protected]

      Atenciosamente,

      Equipe CEFERP – Centro de Fertilidade de Ribeirão Preto

      Reply

  • Avatar

    Liliane Paula Rocha

    |

    Meu beta deu6’29 e depois deu6’17 devo fazer outro

    Reply

    • mm

      CEFERP

      |

      Oi Liliane,
      Obrigado pelo seu comentário.
      Converse com o seu médico, ele é a pessoa mais indicada para te passar orientações sobre o exame.
      Atenciosamente,

      Equipe CEFERP – Centro de Fertilidade de Ribeirão Preto

      Reply

  • Avatar

    Le

    |

    Olá, em agosto tive um aborto espontâneo com 6 semanas e 2 dias, e agora com 7 semanas e 1 dia fiquei sabendo que tive uma gravidez química, tenho receio de tentar engravidar de novo

    O que devo fazer?

    Reply

    • mm

      CEFERP

      |

      Oi Le,

      Obrigado pelo comentário, neste caso seria interessante passar por uma consulta com um médico especialista em Reprodução Humana para uma avaliação dos motivos para o aborto e a gestação química.
      Um forte abraço e boa sorte.
      Caso queira agendar uma consulta com nossos especialistas, seguem nossos contatos:
      (16) 99302-5532 (WhatsApp)
      (16) 3512-7954
      (16) 3877-7784
      [email protected]

      Atenciosamente,

      Equipe CEFERP – Centro de Fertilidade de Ribeirão Preto

      Reply

  • Avatar

    Natielle

    |

    Olá!!
    Fiz o teste de farmácia e de sangue e nos dois deu positivo, estou de 4 a 5 semanas e o valor do meu BHCG deu 1404.78 mIU/mL e tenho sintomas de gravidez como cólica leve, não menstruo, dor nos seios e mudança de apetite. Ainda não fiz meu ultra e não sou nada regulada, desconfiei da gravidez pelas cólicas sem estar menstruando.
    Tem alguma chance de eu ter gravidez química ou ectopica?

    Reply

    • mm

      CEFERP

      |

      Oi Natielle,
      Obrigado pelo seu comentário, para saber se tudo está correndo bem com a gestação nesta etapa o melhor é realizar o ultrassom.
      Boa sorte.
      Atenciosamente,
      Equipe CEFERP

      Reply

  • Avatar

    Dori

    |

    Olá , Novembro do ano passado tive gravidez quimica, sim começei a mestruar normalmente ,março desse ano ela veio dia 14/03 ,abril e ate o momento nao veio ,fiz um teste de farmacia deu positivo e fiz tbm o beta que tbm deu positivo ,porém eu nao tenho nenhum tipo de sintomas ah nao ser a suspensão da mestruação será uma gravidez quimica novamente?

    Reply

    • mm

      CEFERP

      |

      Oi Dori,
      Obrigado por seu comentário.
      Muitas mulheres não apresentam sintomas no início da gestação. Para tirar suas dúvidas recomendamos que agende uma consulta com seu ginecologista de confiança e se a gravidez se confirmar já dê seguimento no pré-natal.

      Atenciosamente,

      Equipe CEFERP.

      Reply

  • Avatar

    Ana

    |

    Olá, tive 3 gravidez químicas, meu esposo fez o espermograma é está tudo ok, o que devo verificar agora? Todo médico que vou atribuí a alteração que tenho decorrente de trombofilia. Mais não faz muito sentido.
    Qual seria o próximo passo?

    Reply

    • mm

      CEFERP

      |

      Oi Ana,
      Obrigado pelo seu comentário, para uma avaliação do que pode estar acontecendo no seu caso é necessário passar por uma consulta com o especialista em reprodução humana. Esse médico poderá pedir exames específicos para avaliar o que pode estar ocorrendo.

      Se tiver interesse em agendar uma consulta conosco seguem nossos dados abaixo:
      (16) 99302-5532 (WhatsApp)
      (16) 3512-7954
      (16) 3877-7784
      [email protected]

      Atenciosamente,

      Equipe CEFERP – Centro de Fertilidade de Ribeirão Preto

      Reply

  • Avatar

    Nathaly

    |

    A pílula do dia seguinte pode causar uma gravidez química ?

    Reply

    • mm

      CEFERP

      |

      Oi Nathaly,
      A pílula do dia seguinte não causa gestação química, ela está relacionada com a ovulação, ela age no intuito de inibir a gestação e pode ter falhas.
      Esperamos ter ajudado.
      Atenciosamente,
      Equipe CEFERP

      Reply

  • Avatar

    JB

    |

    Boa tarde
    Sou mãe de um menino de 2 anos e tive em junho deste ano um aborto retido com necessidade de fazer medicação para remoção. Acontece que tive este mês uma gravidez química pois fiz o teste de gravidez e deu positivo e logo no dia a seguir veio a menstruação. O meu filho de 2anos ainda mama e gostava de saber se isso pode de alguma forma prejudicar uma futura gravidez. Ou se o facto de ter tido o abordo retido e ter feito a medicação pode ter afetado a minha fertilidade. Muito obrigada.

    Reply

    • Avatar

      Atendimento CEFERP

      |

      Olá,
      Obrigado pelo seu comentário!
      Em relação ao aborto e medicação, não, desde que a remoção tenha sido completa e não tenha havido infecção. O fato de você amamentar pode ser que leve à ausência da ovulação em alguns ciclos. Mas é fundamental que você passe por uma consulta com o médico ginecologista, para maiores informações e orientações.

      Atenciosamente.
      Equipe CEFERP – Centro de Fertilidade de Ribeirão Preto

      Reply

  • Avatar

    Bruna

    |

    Oi ,eu dias atrás fiz exame de sangue e deu entre 10 e 25 que é impreciso,mais a médica que fez falou q é difícil de dá negativa fazendo outro exame só que eu n estou sentindo nada nem um sintoma e a minha menstruação veio dias antes

    Reply

    • Avatar

      Atendimento CEFERP

      |

      Olá Bruna,
      Obrigado pelo seu comentário!

      Sempre que o resultado é inconclusivo, o ideal é repetir o exame depois de alguns dias e observar outros sintomas que podem aparecer.

      Atenciosamente.
      Equipe CEFERP – Centro de Fertilidade de Ribeirão Preto

      Reply

Deixe um comentário

Perfil no Doctoralia
Perfil no Doctoralia