Tecnologia inovadora para reprodução humana: monitoramento embrionário

Tecnologia inovadora para reprodução humana: monitoramento embrionário

Tecnologia inovadora para reprodução humana: monitoramento embrionário

O monitoramento embrionário é uma tecnologia inovadora utilizada nos laboratórios de reprodução humana que permite a melhor avaliação do desenvolvimento do embrião e possibilita identificar alterações durante esse processo.

Essa tecnologia se tornou uma aliada dos embriologistas na decisão de escolha do melhor embrião para a transferência uterina, etapa muito importante do tratamento de Fertilização in Vitro (FIV), visando atingir a tão sonhada gravidez.

Contudo, é imprescindível contar com especialistas na área que já dominem essa técnica e consigam analisar corretamente os resultados do monitoramento, fazendo a escolha correta.

Quer saber mais sobre o monitoramento embrionário e as vantagens dessa nova tecnologia? Então, fique por aqui, que daremos mais detalhes!

O que é o monitoramento embrionário?

O monitoramento embrionário é uma novidade tecnológica para os laboratórios de reprodução assistida que conquistou clínicas ao redor do mundo e já está disponível em alguns poucos centros de reprodução brasileiros.

A técnica se baseia no acompanhamento do desenvolvimento do embrião 24 horas por dia, através de uma câmera dentro da incubadora que tira múltiplas fotos automaticamente durante o desenvolvimento do embrião no laboratório.

Ao fim do processo, as imagens são compiladas e cria-se um vídeo time-lapse de todo o processo de desenvolvimento do embrião, indo da fertilização até o momento da transferência em apenas alguns minutos.

Como a foto não afeta a multiplicação celular, o monitoramento se torna uma forma não invasiva de garantir que os embriões estejam bem. Além disso, evita deslocá-los da incubadora para o microscópio, expô-los à luz e a outros fatores ambientais ou correr o risco de lesá-los acidentalmente.

Por meio das imagens obtidas, o embriologista consegue acompanhar e avaliar o desenvolvimento de cada embrião e determinar em tempo real quais estão crescendo de forma adequada e aqueles que apresentam algum atraso ou defeito, com base nos marcos de desenvolvimento estabelecidos.

Dessa forma, a tecnologia dá fim ao grande dilema dos embriologistas, de deixar o desenvolvimento embrionário ocorrer sem interrupções, além de monitorar e avaliar regularmente cada nova etapa.

Isso porque esse resultado é crucial para a análise do embriologista, que concluirá sobre o prognóstico da evolução do embrião, ajudando a diminuir a ansiedade dos casais durante o processo.

Essa análise mantém os futuros pais informados da evolução de seus embriões de maneira clara e objetiva, inclusive para casos em que os embriões não apresentem uma evolução satisfatória e um novo ciclo se faça necessário.

Qual é a importância do monitoramento embrionário?

A espera pela transferência dos embriões costuma ser um dos momentos de maior ansiedade para o casal durante a realização da FIV. Os gametas já foram coletados, a fecundação no laboratório já ocorreu e agora todos os embriões estão dentro de uma incubadora dando início à multiplicação celular que poderá fazer de cada um deles um bebê na barriga da mãe.

A gestação é o resultado de o processo embrionário ter ocorrido conforme o esperado, restando, então, apenas o desenvolvimento do feto no útero. Para possibilitar uma implantação uterina mais eficaz, são descritas algumas técnicas, como a injúria endometrial, o assisted hatching e o monitoramento embrionário, devendo suas indicações ser individualizadas, de acordo com cada caso.

Durante o desenvolvimento do embrião na incubadora, qualquer erro ou defeito pode significar problemas que surgirão mais tarde, no momento da implantação na parede uterina ou ao longo da gestação, comprometendo o resultado do tratamento.

Vale ressaltar que as técnicas de monitoramento devem ser pouco invasivas, para não influenciar negativamente o processo de desenvolvimento do embrião.

No entanto, no acompanhamento morfológico convencional, cada observação embrionária está associada à remoção do embrião da incubadora, sua exposição à luz e ao ambiente laboratorial e sua colocação sob a lente do microscópio. Todas essas etapas fazem com que o pequeno embrião fique vulnerável a acidentes e a fatores prejudiciais ao seu desenvolvimento, mesmo com todo o controle técnico de qualidade dentro do laboratório.

Como nada disso ocorreria dentro do útero materno, o monitoramento 24h permite manter o embrião intocado dentro da incubadora até o momento da transferência para o útero, o que faz com que seu desenvolvimento se aproxime ao máximo do natural e aumente as chances de sucesso.

Além do mais, apesar de existir um padrão natural de desenvolvimento do embrião, as divisões celulares podem ocorrer a qualquer momento, e nem sempre o embriologista consegue estar presente para acompanhar cada etapa pelo método morfológico convencional.

Sem a observação do processo completo, a seleção de embriões para a transferência acaba tendo como base a avaliação da morfologia final, o que pode não ser suficiente para um controle de alta qualidade.

Como otimizar o monitoramento dos embriões?

Sabendo que a técnica de monitoramento dos embriões é um diferencial nos dias de hoje e que a captura das imagens é feita de forma não invasiva, torna-se necessária a utilização de um software para otimizar o procedimento.

Nesse sentido, as clínicas de reprodução humana estão investindo no PrimoVision™, uma tecnologia de ponta que garante o monitoramento embrionário 24h e aumenta a chance de o embrião mais perfeito possível ser selecionado para a transferência.

tecnologia PrimoVision™ é composta de um sistema óptico de alta precisão, com uma câmera digital de 5 megapixels, luz LED homogênea de intensidade mínima e a capacidade de focar e escanear diversas estruturas em seu campo de visão.

A peça se integra bem à incubadora de embriões e conta com uma unidade de operação externa que serve para o controle da câmera e da frequência de fotos, dando mais liberdade e informações aos embriologistas e técnicos do laboratório.

As fotos são tiradas por lentes semelhantes às de microscópios, que aumentam a imagem em diferentes planos focais e permitem a visualização das células embrionárias em seus detalhes. A eletricidade só é disponibilizada à câmera nos momentos da foto, que duram poucos segundos, de forma a reduzir qualquer interferência eletromagnética sobre o desenvolvimento embrionário.

Para a análise dos resultados, a PrimoVision™ conta, ainda, com um software que compara marcos básicos do desenvolvimento de cada embrião com padrões predefinidos ou com o perfil idealizado pelo embriologista do laboratório e utilizado como referência.

Esse processo facilita a mensuração dos níveis de fragmentação e simetria embrionária e ajuda a determinar se o crescimento das células está ocorrendo de forma adequada. Por meio desses dados, a PrimoVision™ permite o monitoramento embrionário minucioso e a seleção criteriosa dos embriões mais saudáveis no momento de sua transferência para o útero materno.

Quais são os benefícios da tecnologia PrimoVision™?

Além das vantagens clínicas, já apresentadas, é importante mencionar os aspectos operacionais dessa ferramenta. Nesse contexto, se enquadram a segurança na utilização do software e o índice de confiabilidade dos resultados.

Isso porque todo o software é protegido por um sistema de usuários e senhas, rastreando todas as atividades realizadas e mantendo o sigilo das operações, principalmente por questões relacionadas à segurança e à privacidade dos dados.

Além disso, a utilidade dessa tecnologia também é notória nos meios acadêmicos para a pesquisa de novas técnicas que possam melhorar o cuidado embrionário e a taxa de sucesso do processo de fertilização in vitro.

Quais as vantagens do monitoramento embrionário para a reprodução humana?

O monitoramento embrionário traz diversas vantagens ao laboratório, aos embriões e ao casal, que serão fundamentais para a implantação dessa metodologia nas clínicas de reprodução humana.

No que se refere às vantagens clínicas é possível listar:

  • monitorização detalhada dos embriões 24h;
  • avaliações precisas de cada etapa de desenvolvimento;
  • identificação de marcos morfológicos e da dinâmica do embrião;
  • identificação de divisões assíncronas e alterações cinéticas ou morfológicas;
  • armazenamento de dados relacionados aos momentos de clivagem;
  • compartilhamento de imagens entre especialistas e profissionais de reprodução assistida para discussão de casos;
  • redução do estresse embrionário, ao evitar mobilizações desnecessárias e exposição à luz;
  • seleção criteriosa dos embriões mais saudáveis, para transferência uterina ou criopreservação;
  • potencialização das chances de gravidez por ciclo de FIV;
  • possibilidade de redução no número de embriões transferidos e, assim, no número de gestações múltiplas.

O resultado é um processo de reprodução assistida completo, com minimização de erros preveníveis e altas taxas de implantação de embriões sem alterações celulares significativas.

Outra vantagem desse serviço é poder oferecer futuramente aos pais o acompanhamento portátil do desenvolvimento embrionário, no celular e no tablet, além da criação de um vídeo do desenvolvimento do futuro bebê que pode ser guardado pelos progenitores.

Essa lembrança configura-se um marco vitorioso para aqueles que almejam ter filhos e se submetem constantemente a diversas tentativas para realizar o sonho de perpetuar a linha de sucessão na família.

O monitoramento embrionário é uma estratégia eficiente para acompanhar os marcos do desenvolvimento e possibilitar sucesso na implantação uterina. Ele pode garantir mais segurança no processo e identificação precoce de anormalidades na multiplicação das células, além de satisfação dos futuros pais.

Tudo isso é feito de forma controlada e avaliada constantemente, sendo um diferencial para as clínicas que já utilizam essa ferramenta em seu cotidiano com o propósito de aumentar as chances de sucesso.

Quer descobrir mais sobre o uso do monitoramento embrionário nas clínicas de reprodução humana? Entre em contato com a nossa equipe e tire suas dúvidas!

Deixe um comentário

Aplicativo CEFERP

Conheça o manual da fertilidade e saiba mais sobre reprodução humana.

Celular